Bem vinda ao Enquanto Ele não vem

CATÓLICA, DIVÓRCIO, NULIDADE E O DIVINO ESPOSO

CATÓLICA, DIVÓRCIO, NULIDADE E O DIVINO ESPOSO

Às vezes a vida nem sempre corre como planejamos. Às vezes nossos sonhos e ideais não saem como esperávamos. Eu nunca teria imaginado aos 28 anos, que estaria divorciada e terminaria dando entrada com o processo de nulidade 6 anos depois. Sim! 6 anos depois, eu demorei muito e as vezes eu tenho que lutar contra a minha mente com pensamentos terríveis sobre o futuro, aí eu lembro pra mim mesmo em quem eu coloquei a minha confiança.

Passar por um divórcio me levou a conhecer de perto a graça e a misericórdia de um Deus apaixonado. Um Deus que se ofereceu para ser meu Esposo durante a jornada do luto, e Ele ainda continua cuidando de mim sendo o meu protetor, meu provedor, o meu amor que curou e continua curando as feridas da minha alma. 

DEUS ODEIA O DIVÓRCIO, MAS NÃO O DIVORCIADO

Quando na igreja eu ouvia sobre aquela passagem que Deus odeia o divórcio , aquilo muitas vezes me matava por dentro, porque eu ainda estava debaixo de uma posição de vítima, de coitadinha e achava que a Igreja estava me excluindo dizendo que eu falhei com Deus, que eu tinha sido um fracasso e que Deus estava muito chateado comigo.

Como eu disse antes, aquele “vitimismo” e “coitadismo” que invadia o meu ser mimado e imaturo, que também não soube lidar com as exigências do casamento, estava olhando para a igreja e para Deus com essa mesma birra. A dor do divorcio me fez buscar crescer na fé, me tornar uma mulher de verdade, me fez aprender com os meus erros, Deus não ouviu meu pedido infantil e imaturo, mas ele como Pai, sabia que a dor era necessária e os frutos seriam muito maiores.

E no meu processo de nulidade, nas confissões, ou em todas as vezes que eu tive que ir ao tribunal, eu encontrei uma igreja misericordiosa, pronta pra me ajudar e acolher. Sim! É verdade que o casamento é indissoluvel, é verdade que Deus odeia o divórcio, é verdade que enquanto não for declarado nulo você ainda é uma pessoa casada e caso venha a ter um novo relacionamento antes estará em adultério por tão sério ser o vínculo matrimonial.

Muitas pessoas, não católicas, custam a entender esse processo, eu via muito isso no meio do meu convívio social.

O divórcio é um ato judicial civil que termina legalmente um casamento. Uma Declaração de nulidade é uma determinação eclesiástica onde o que se acreditava ser um casamento sacramental e católico válido é declarado como nunca tendo sido um casamento em primeiro lugar.

Isso significa que no dia em que um casal se casou, parecia que um casamento sacramental havia acontecido. Parecia que ambas as partes tinham a intenção e a vontade verdaeirade viver esses votos em uma aliança até que a morte os separasse. No entanto, após uma investigação minuciosa, podem ser encontradas razões e circunstâncias que podem provar que esse casamento nunca realmente aconteceu (tornando-o nulo). Ou seja, Deus não selou aquele vínculo por causa da falsidade do voto de alguma das partes, ou das duas.

Uma nulidade não é a versão católica do divórcio. É bem diferente. Muitas mulheres ainda lutam com o preconceito que elas mesmo tem, vivendo debaixo de um manto de vergonha enquanto Deus as espera com vestes de alegria. Vivem empurrando com a barriga a vida de divorciada sem dar um passo adiante como se a vida tivesse acabado enquanto há um Deus rico e abundante à disposição Delas, dizendo Minha filha confie em mim, vem para fora! Se você já está separada e tem dúvidas, procure a ajuda de um sacerdote minha irmã!

MINHA QUERIDA IRMÃ, VOCÊ TEM UM DEUS APAIXONADO ATÉ O CIÚME

Se você é essa pessoa, que está passando por tudo isso, eu quero te dizer uma coisa e que nessa hora o Espírito Santo de Deus faça brotar no seu coração a esperança: NÃO PENSE QUE DAQUI PRA FRENTE A SUA VIDA NÃO TEM MAIS SENTIDO, E QUE NUNCA MAIS VOCÊ PODERÁ TER UMA FAMÍLIA COMO VOCÊ SEMPRE SONHOU! O NOSSO DEUS É O DEUS DO RECOMEÇO E ELE AMA REESCREVER NOVAS HISTÓRIAS A PARTIR DE UM CORAÇÃO QUEBRADO E FERIDO. ELE TE DÁ NOVOS SONHOS PRA VOCÊ RECOMECAR!! E eu fico tão animada quando digo isso, porque é real, é isso que Ele faz! Meu processo ne nulidade chegou ao fim, eu recebi a resposta tão esperada, agora eu sou livre! E você pode estar achando que eu já estou com alguma pessoa, apaixonada, noiva ou até casada, e eu digo não! Nada disso, muito pelo contrário, estou sozinha, tenho 38 anos (idade fértil próximo do fim) e eu posso te dizer que eu sou tão feliz, tão curada, tão livre, minhas necessidades todas supridas em Jesus, meu coração em paz, porque eu sei com todo o meu coração que Ele me ama, e eu o amo. Ele conhece os desejos do meu coração, assim como conhece o seu minha irmã, e se for da vontade de Deus que eu me case novamente, isso vai acontecer no tempo perfeito e se não for, eu continuarei amando o meu Senhor! HOJE EU SOU UMA MULHER LIVRE PARA VIVER OS SONHOS DE DEUS E NÃO OS MEUS. E é isso que você deve almejar, é essa a verdadeira felicidade.

E eu estou aqui, se você precisar de apoio e ajuda!

“Deverás esquecer para sempre a vergonha que passavas na juventude, nunca mais há de lembrar as desilusões do tempo de viúva. Pois teu marido é o teu criador, Senhor dos Exércitos é o seu nome! Quem te resgata é o Santo de Israel! Mulher abandonada e aflita, o Senhor te chama. Esposa da juventude um dia abandona, contigo fala o teu Deus.” (Isaías 54,5-6.)

Com amor, Priscila.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: