Onde está sua feminilidade mulher?

Antes de lerem este post, gostaria de deixar claro que são mensagens destinadas às mulheres que tem por escolha de vida o cristianismo.

Uma das coisas que eu tenho visto e está cada dia mais acentuado no nosso meio, é que as mulheres estão perdendo a essência principal colocada por Deus dentro de cada uma de nós: a feminilidade. Passamos a adotar maneiras de falar, vocabulários e gírias que não convém. Usamos roupas que muitas vezes não conseguimos identificar se é homem ou mulher, ou também tem o outro extremo onde muitas das vezes nos vestimos com roupas que não nos identificam como filha de Deus. O movimento feminista radical quis copiar dos homens aquilo que de pior eles tem, como, os palavrões, o beber até cair, a malandragem, a infidelidade conjugal, namorar um e ter outro de reserva, a pornografia,  e isso é visto por elas como “liberdade”, “igualdade”. E nós, sem percebermos, vamos caindo nessa investida do inimigo para nos afastar do plano original de Deus, para nos roubar a nossa identidade de filha de Deus. A realidade é que o movimento feminista radical tem ódio ao feminino. E muitas vezes isso passa despercebido, por causa dessa linha de pensamento que foi colocada na nossa cabeça desde que éramos crianças pela nossa cultura. Hoje, como uma mulher adulta, e amadurecida devido a algumas podas que o Senhor fez em mim. Eu posso perceber como o feminismo está incutido em nossas mentes. Mas pela graça , Deus vem me revelando pela sua palavra, por pregações, por meio de leituras que eu preciso e devo como uma mulher cristã me deixar ser reconfigurada por Ele.

Minha amiga, quando Deus nos criou, colocou em nós virtudes maravilhosas, mas que hoje em dia está tão difícil de ser encontrada nas mulheres. O temor a Deus, a coragem, a docilidade, a empatia, a amizade, a ternura e bondade, o coração piedoso, o silêncio, o falar manso, domínio de si, a graciosidade. São virtudes que precisamos colocar em prática e que nos diferencia, nos faz ser referência no meio de tantas outras. É claro que temos momentos em que não estamos num dia tão bom, não é mesmo, mas eu não estou falando de momentos esporádicos, eu estou falando da essência. E pra isso minhas irmãs, precisamos contar com a ajuda do alto. Só mesmo o temor a Deus, é que nos permitirá aceitar essa reconfiguração que será feita pelo Espírito Santo em nós.

Escrevo isso com muito carinho,

No amor de Jesus,

Priscila.

 

Uma palavra às minhas amigas divorciadas

Minha querida amiga, assim como você, também sou uma mulher que passou por esse processo doloroso. Assim como você, também senti vergonha, queria me esconder de tudo e todos. Nos sentimos culpadas, fracassadas, humilhadas e como mulheres cristãs nos sentimos julgadas e sem lugar dentro da igreja. Muitas vezes nos parece que dentro da igreja só existem dois tipos de mulheres, as casadas e as solteiras. Mas eu quero compartilhar com vocês o que nesses 5 anos eu tenho experimentado da parte de Deus. Tenho encontrado nos evangelhos um Jesus que tem predileção por mulheres em situações, digamos assim, um pouco “delicadas”. Como a mulher samaritana, a mulher do fluxo de sangue, Maria irmã de Lázaro, a viúva de Naim, a mulher Cananéia, todas elas tinham algo em comum: a dor, a vergonha, a solidão, o desprezo, a rejeição… Quando elas tiveram o seu encontro com o Mestre, suas vidas nunca mais foram as mesmas. Cada noite que eu passava aos pés do Senhor, cada madrugada chorando e orando, Ele me levantava, renovava as minhas forças, me consolava com sua Palavra, restaurava a minha identidade de filha de Deus. Hoje eu posso dizer com toda propriedade que Ele quer preencher os seus vazios, encher todas as lacunas do seu coração, tirar as suas vestes de vergonha e te revestir com dignidade. Ele quer trocar as suas vestes de luto e te dar vestes de alegria.

Erga a cabeça mulher! Pois o teu marido é o teu criador, Senhor dos Exércitos é o seu nome! (Isaías 54,5)

Muitas vezes vem o desânimo, a vontade de não arrumar a casa, de não mais ter o prazer em fazer as atividades diárias que você fazia quando estava casada. E ao ler essa leitura de Isaías, numa certa noite em minha cama, Deus me disse: Faça para mim! E assim, para minha surpresa, o gosto e o zelo pela minha casa passou a ser maior, porque eu tinha um motivo e o motivo era o Senhor.

Eu sei que muitas vezes parece loucura, talvez você vai dizer,mas Priscila isso já é um pouco demais não! Eu também acho rs, aos olhos humanos isso é loucura, mas eu só sei que foi assim que Deus foi me curando e me restaurando. E assim, nessa loucura divina do amor de Deus por nós, vamos sendo trabalhadas por Ele, nesse caminho de dor, vamos sendo moldadas nas mãos do Oleiro, vamos amadurecendo, florescendo e você vai percebendo o quão preciosa é aos olhos de Deus.

Volte para a igreja.

Umas das coisas que o inimigo faz em nossas mentes, é colocar a mentira de que não somos aceitas na igreja. E isso é uma mentira para que você se afaste da comunhão com Deus, dos sacramentos, da vida com os irmãos. Sim, é verdade que quase não se fala sobre as pessoas divorciadas. Sim, é verdade que não ouvimos muitas pregações com palavras de encorajamento e consolo para nós. Eu sei muito bem disso. Mas aí não é culpa da igreja, aqui estou me referindo a igreja católica, na qual eu faço parte. A igreja é mãe, e todas as vezes que conversei com um sacerdote fui acolhida, encorajada, aceita. O problema está nas pessoas, elas não sabem lhe dar com o assunto Divórcio.

Não sei como você se encontra hoje, mas minha amiga, não importa a sua condição, se está sozinha, se está com outra pessoa, se está orando para que seu esposo volte, independente disso não se afaste da mãe igreja. Busque fazer algo pela construção do Reino, vai servir ao Senhor. Se você está sozinha, se dedique ao Senhor na sua igreja, participe da Santa Missa, busque o sacerdote e assim Deus vai fazendo a obra na tua vida!

ps: Teria muitas outras coisas pra falar, mas o texto iria ficar muito grande. Prometo que farei outro post a respeito disso.

Com amor,

Priscila

Mulheres preparadas para quando Ele vier

mulher

Há um tempo Deus vem me despertando para a sua volta. Como cristã, o Espírito Santo me levou a refletir o que eu tenho feito para estar preparada se Jesus voltasse hoje. Muitas vezes nós não paramos pra pensar sobre isso, ou não damos a devida importância e neste post vou compartilhar com vocês aquilo que eu venho aprendendo através da sua palavra. Somos tão ocupadas, temos tantas coisas pra fazer todos os dias, que eu já até ouvi algumas mulheres dizendo que o dia deveria ter mais que 24 horas rs… Mas a verdade minhas amigas, é que tudo ao nosso redor testifica que o Senhor está voltando. Padre Jonas Abib, creio que muitas conhecem, um grande profeta do Senhor no nosso tempo, dizia em uma de suas pregações que nós somos a geração que veremos a volta de Jesus. Podemos ver claramente no evangelho segundo Mateus 24,12 onde Jesus diz assim: ” A maldade se espalhará tanto que o amor de muitos se esfriará.” Vemos isso claramente no nosso dia a dia, pais matando filhos, filhos matando pais, cônjuges sendo traídos e trocados por outros pela desculpa de não amar mais, pessoas morrendo a troco de nada, abusos contra crianças, e muitas outras coisas…

Não podemos deixar o óleo acabar

As parábola da dez virgens (Mateus 25) tem muito a nos ensinar. Elas faziam parte do cortejo do noivo e cada uma tinha consigo uma lamparina, só que 5 delas tinham óleo sobrando e as outras cinco não. O noivo demorou a chegar e elas dormiram. O amigo do noivo gritou para elas que Ele estava chegando e as cinco mulheres que não tinham óleo suficiente pediram para as outras que dessem um pouco para elas. Mas elas ouviram um não como resposta e mandaram-nas irem comprar dos vendedores, pois a quantidade de óleo que elas tinham poderia ser insuficiente. E aconteceu do noivo chegar e as cinco mulheres previdentes puderam entrar com ele para a festa, as outras não estavam pois tinham ido comprar o óleo. Quando elas voltaram a porta já estava fechada e então imploraram para entrar e o noivo disse: não vos conheço!

O noivo em questão é Jesus, e assim será no dia que Ele vier. Minhas amigas o que temos feito para estar preparadas? Será que temos óleo suficiente? Será que temos parado no meio da nossa correria para estar com o Senhor e nos enchermos do óleo da sua presença, da sua palavra, do seu conhecimento. Temos pagado o preço por esse óleo? Não há outra maneira de nos prepararmos senão buscando conhecer cada dia mais o Noivo amado. Parar para se dispor a estar com ele requer um esforço da nossa parte. Mas é assim que vamos comprando o nosso óleo. Pois vamos sendo mudadas, na presença do Senhor o nosso coração vai ficando mais desejoso por Ele, vamos sendo configuradas a sua imagem. O nosso caráter vai sendo transformado. Nos tornamos pessoas melhores para os nossos filhos, maridos, para os nossos pais, amigos e até mesmo para os estranhos. Passamos a ter um coração como o Dele. Ou do contrario naquele dia iremos ouvir, como aquelas outras cinco moças ouviram da boca do noivo: não vos conheço. Eu desafio você a ter essa experiência com o Senhor. Mesmo que o seu coração, hoje, esteja frio, sem vontade de ler a palavra. Mas pare e ouça o Senhor, cante louvores para Ele, adore-o, corra para estar com Ele. Você verá como tudo será diferente.

Eu quero estar preparada, para no dia da sua volta, ou se eu for antes, quero ouvir o Senhor me dizer: VINDE BENDITA DE MEU PAI! RECEBA EM HERANÇA O REINO QUE MEU PAI LHE PREPAROU DESDE A CRIAÇÃO DO MUNDO!

No amor do Senhor,

Priscila.

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: